Domingo, 4 de Maio de 2008

Com carinho

Editado como comemoração do 50º aniversário da Bossa-nova, “Ao maestro com carinho – um tributo a Tom Jobim”, é uma cuidada selecção de temas da autoria de António Carlos Jobim na voz de alguns dos maiores intérpretes da música popular brasileira. Toquinho, Clara Nunes, Ivan Lins, Nana Caymmi, Elza Soares, Leila Pinheiro, Elizeth Cardoso são alguns dos nomes presentes neste trabalho que nos relembra pérolas como “Garota de Ipanema”, “Eu sei que vou te amar”, “Insensatez”, “Samba do avião”, “Chega de saudade” (só para citar algumas...) e alguns dos parceiros musicais do Maestro Soberano como (o obrigatório) Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Dolores Duran e Aloysio de Oliveira, tudo em leituras de muito bom gosto que fugindo ao óbvio nos trazem um disco de uma sensibilidade única. Todos os anos surgem inúmeras compilações dedicadas à obra de Tom Jobim, poucas foram tão bem sucedidadas como esta. 9/10
publicado por rayoflight às 03:38
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Soberano

António Carlos Jobim é indiscutivelmente um dos nomes fundamentais da música do séc. xx, a sua obra ainda hoje é única na história da MPB e claro, qualquer novo lançamento sobre o seu legado tem um valor inestimável. “Maestro soberano” é uma luxuosa caixa de 3 dvd´s que retrata alguns dos momentos marcantes da carreira de Tom Jobim e o resultado é francamente bom: o primeiro dvd intitula-se “Chega de saudade” (com narração de Nelson Motta) e mostra-nos o aparecimento da Bossa-Nova, a sua importância na música brasileira e o início da parceria com Vinicius de Moraes. “Águas de Março” o segundo volume tem a narração de Chico Buarque e apresenta-nos um Tom Jobim voltado para a natureza - “o Brasil é o único país do mundo com nome de árvore” dizia o maestro – o dueto com Elis Regina em “Águas de Março”, uma nova versão de “Passarim” e momentos em estúdio com Edu Lobo em 1981 são alguns dos destaques deste dvd. Por último temos “Ela é carioca,” uma bonita declaração de amor ao Rio de Janeiro, a narração fica a cargo de Edu Lobo e encontramos aqui um curioso dueto com Leila Pinheiro em “Falando de amor” e um depoimento onde Tom fala dos seus pais e da sua juventude . Muitas imagens de elevado valor histórico, um fio condutor e narrativo sem falhas e a presença de nomes como Gal Costa, Gilberto Gil, Elis Regina, Caetano Veloso, Jaques Morelenbaum entre muito outros nomes imprescindíveis da música brasileira, apenas realçam o rigor e a excelência deste documentário que chega agora a Portugal. Com uma banda sonora que nos traz pérolas como “Corcovado”, “Wave”, “Retrato em branco e preto”, “Luiza”, “Gabriela”, “Desafinado”, “Chega de saudade” ou “Canta, canta mais” (só para citar algumas) esta autêntica viagem no tempo é feita com redobrado prazer. Obrigatório!

publicado por rayoflight às 04:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Março de 2008

Tom & Ney

A Universal Music prepara para lançar ainda este ano duas edições especiais dedicadas a dois grandes nomes da Música Popular Brasileira, Tom Jobim e Ney Matogrosso. A caixa dedicada a Tom Jobim trará cinco discos remasterizados e 3 novas colectâneas: uma de duetos intitulada “Tom para dois”, uma dedicada a intérpretes femininos da obra de Jobim - “Tom Feminino” e o terceiro volume dedicado a intérpretes masculinos - “Tom Masculino". Já a caixa (de nome “Camaleão”) dedicada a Ney Matogrosso será constituída por 18 discos da extensa discografia do cantor a maior parte já há muito fora de catálogo. Dois grandes lançamentos para este ano de 2008!
publicado por rayoflight às 00:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 27 de Janeiro de 2008

No "Tom"...

Gravado em 1986 no Festival Internacional de Jazz de Montreal, este disco mostra-nos o “maestro soberano” acompanhado pela Banda Nova (constituída por nomes como Paulo Jobim, Maúcha Adnet, Danillo Caymmi ou Jaques Morelenbaum) na digressão que correu mundo mostrando a riqueza da Música Popular Brasileira e que consagrava (definitivamente) Jobim como um dos maiores compositores do séc. XX. Temas como “Samba de uma nota só”, “Chega de saudade”, “Wave”, “Gabriela”, “A felicidade” ou “Garota de Ipanema” estão entre os 13 clássicos que esse concerto registou, tudo interpretado e tocado com esmero e uma sensibilidade rara nos dias de hoje. Ultimamente têm saído vários registos da obra de António Carlos Jobim, este disco ao vivo é certamente um dos mais “felizes”. 10/10
publicado por rayoflight às 03:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Feliz Natal

Um muito Feliz Natal a todos os que nos visitam e que continuam a valorizar a música em português! E como a boa música continua a ser a melhor das prendas, aqui fica uma das cantoras favoritas do blog - Eugénia Melo e Castro - numa belíssima interpretação do clássico de Tom Jobim e Vinicius de Moraes "Eu sei que vou te amar", do disco "Eugénia Melo e Castro canta Vinicius de Moraes" (1994):

 
publicado por rayoflight às 01:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

Foi a noite

Tom Jobim é um dos compositores mais gravados da Música Popular Brasileira e muitos são os discos dedicados à sua (excelente) obra. “Foi a noite, canções de Tom Jobim” o novo CD de Claudette Soares traz-nos alguns clássicos como “Derradeira primavera” e “Retrato em banco e preto” mas também temas habitualmente não regravados da obra do maestro como “Cala meu amor” (Tom e Vinicius) ou “Sucedeu assim” (Tom e Marino Pinto). Com arranjos de Giba Estebez e produção de Thiago Marques Luiz, Claudette Soares apresenta-nos um dos melhores trabalhos da sua longa carreira num disco coeso, com um reportório impecável e muito bem escolhido, arranjos delicados e interpretações emotivas mas sempre na medida certa. E temos aqui muitos grandes momentos como a bonita leitura de “Foi a noite”, a excelente interpretação em “Derradeira Primavera”, o eficiente medley que junta “Inútil paisagem” e “Estrada do sol”, uma sentida homenagem a Sylvinha Telles (a primeira cantora a dedicar um só disco à obra de Tom) com os temas “Discussão”, “Samba torto” e “Eu preciso de você”, “Sábia” (o melhor momento do disco) com a participação de Alaíde Costa, a lindíssima “Esquecendo você” e o dueto com o saudoso Dick Farney em “Solidão”. A obra de Tom Jobim já conheceu inúmeras homenagens e este trabalho de Claudette Soares é seguramente uma das mais brilhantes. Bravo!!
publicado por rayoflight às 11:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Agosto de 2007

Tom e Vinicius

Chega a Portugal uma preciosidade -  “Orfeu da Conceição” -  a obra que marcou o início de uma das mais brilhantes colaborações na história da música: a parceria entre António Carlos Jobim e Vinicius de Moraes.
“Orfeu da Conceição” é uma adaptação musical de “O mito de Orfeu”, foi escrita por Vinicius de Moraes em 1942 e musicada por Tom Jobim 14 anos depois. Subiu aos palcos brasileiros em 25 de Setembro de 1956 e o LP revelou ao mundo pérolas como “Se todos fossem iguais a você”, “Mulher, sempre mulher”, “Lamento no Morro” (em interpretações marcantes de Roberto Paiva) e um genial “Monólogo de Orfeu” recitado pelo próprio Vinicius. Tudo regido pela batuta de Tom acompanhado por uma orquestra de 35 elementos. O CD é apresentado em embalagem digipack e o encarte traz um texto de 5 páginas da autoria de Rodrigo Faour. Um disco que vale como testemunho do marco que é na história da MPB e que nos traz alguns clássicos cujo tempo não apagou o brilho…
Indispensável, 10/10.
publicado por rayoflight às 00:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Na Bossa...

Ainda não muito conhecida entre nós, Silvana Malta tem já uma longa carreira discográfica desde que gravou com Hermeto Pascoal no brilhante “Só não toca quem não quer” de 1987. Em 2005 o aclamado cd “Céu de Brasília” com a participação de Airto Moreira e Toninho Horta conseguiu algumas das melhores críticas da imprensa especializada desse ano e agora a cantora está de volta com “Be Bossa” que acaba de ser lançado em Portugal. Acompanhada por um excelente leque de músicos e com uma sensibilidade musical brilhante, Silvana Malta desfila talento e saber em 11 temas que se ouvem num ápice! Sempre com bom gosto nos arranjos e no reportório seleccionado ouve-se aqui alguma da melhor bossa nova, jazz e MPB do que actualmente se faz por aí e este é mesmo um daqueles discos que merece uma audição atenta já que muitos são os pontos altos: da sentida e emotiva “Bonita” (Tom Jobim, Gene Lees e Ray Gilbert) aos quase 6 minutos da genial leitura de “Retrato em branco e preto” (Tom e Chico Buarque”, da vibrante “Jangada” (Edu Lobo e Capinan) à emoção contida em “Canto triste” (Edu Lobo e Vinicius de Moraes) ou da alegria de “Tin tin por tin tin” (Haroldo Brabosa e Geraldo Jacques) ao jazz sublime de “Eu te amo” (Tom e Chico). Todos os anos são lançados inúmeros discos que visam recriar algumas das melhores canções do rico cancioneiro brasileiro, mas, poucos são os que como este “Be Bossa” o fazem de maneira magistral. Uma agradável surpresa, 9/10.
Para conhecer mais um pouco sobre a carreira de Silvana Malta e "Be Bossa" visite o site oficial: http://www.silvanamalta.com/
publicado por rayoflight às 00:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

Lançamento

Chega esta semana ao mercado português o DVD “Tom Jobim - Ao vivo em Montreal”.
Segue o texto de apresentação deste registo memorável: 
 
“Maior nome da Música Popular Brasileira em todas as suas vertentes, o maestro António Carlos Brasileiro de Almeida Jobim completaria 80 anos em Janeiro de 2007. Antecipando as comemorações (como se as efemérides pudessem por si só justificar a celebração permanente em torno do nome e da obra de António), a Jobim Biscoito Fino lança o DVD Tom Jobim ao vivo em Montreal, gravado em 1986, no festival internacional de jazz da cidade canadense.
 
Vivendo aquela que o próprio maestro considerava a melhor fase de sua trajectória – em que percorria os palcos à frente de sua Banda Nova, mostrando as canções que o consagraram internacionalmente como um dos maiores músicos do século XX -, Jobim aparece feliz, renovado e falante nas quase duas horas de espectáculo registradas neste DVD.
 
Ao lado de Jacques Morelenbaum (violoncelo), Paulo Jobim (violão), Danilo Caymmi (flauta), Sebastião Neto (baixo) e Paulo Braga (bateria), com o vocal de Ana e Elizabeth Jobim, Simone Caymmi, Maúcha Adnet e Paula Morelenbaum, Tom interpreta seus standards – com versões em português ou nas adaptações para o inglês -, além de músicas menos conhecidas de seus álbuns, àquela altura, mais recentes.
 
Clássicos da bossa-nova são sinónimos da música de Jobim e da própria identidade brasileira no mundo: Água de Beber, Chega de Saudade, A Felicidade, Garota de Ipanema, parcerias com Vinicius de Moraes, e Samba de Uma Nota Só, com Newton Mendonça. Há também aquelas com letra e música de Jobim, criadas a partir dos anos 60: Wave, Samba do Avião, Waters of March, versão de Águas de Março vertida para o inglês pelo próprio Tom. Two Kites, Gabriela, Falando de Amor e Borzeguim são composições das décadas de 70 e 80, período em que Tom regressava dos EUA para tornar a ver o Rio de Janeiro e fazer cantar a alma de todos os brasileiros.
 
O extra traz uma entrevista de Tom concedida em sua casa, no bairro do Jardim Botânico, no Rio, em 1981, ao jornalista Roberto D’ávila, num dos momentos mais confessionais e comoventes já registrados com a presença do maestro – que fala de música, brasilidade e sentimentos como o amor e a tristeza, indispensáveis à sua criação.”
 
Edição portuguesa: EMI/ Biscoito Fino
publicado por rayoflight às 01:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

No Tom...

Depois das edições dedicadas aos cancioneiros de Chico Buarque e Vinicius de Moraes, “Divas cantam Jobim” é o mais recente volume desta colecção da Som Livre. Dedicada à obra do “maestro soberano” e com vozes como as de Miúcha, Elis Regina, Gal Costa, Nara Leão, Daniela Mercury e Zizi Possi entre muitas outras, esta compilação acerta mais uma vez no reportório e nas leituras apresentadas, trazendo mesmo um novo “fôlego” a uma das obras mais importantes e também gravadas do universo musical brasileiro. Com 20 temas, os destaques deste CD vão para Anna Lemgruber numa interpretação lindíssima de “Eu sei que vou te amar”, “Insensatez" - minimalista por Eliana Printes, “Retrato em branco e preto” por uma iluminada Simone Guimarães, o clássico bossa-nova “Águas de Março” por Joyce, a saudosa Maysa arrebatadora em “Meditação, Alcione a soar melhor que nunca numa versão ao vivo de “Wave”, “Desafinado” ao vivo pelo Quarteto em Cy, Mónica Salmaso na comovente “Por toda a minha vida”, Ná Ozzetti em “Praias desertas” e Gal Costa com “Tema de amor de Gabriela” também ao vivo. Uma compilação feita com muito bom gosto e que recupera algumas das mais bonitas canções que António Carlos Jobim deu ao mundo. Viva Tom, 10/10.
publicado por rayoflight às 01:21
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
21
24
25

28
29


.posts recentes

. Com carinho

. Soberano

. Tom & Ney

. No "Tom"...

. Feliz Natal

. Foi a noite

. Tom e Vinicius

. Na Bossa...

. Lançamento

. No Tom...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.A visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds