Sábado, 17 de Novembro de 2007

Noite de gala...

Mônica Salmaso é actualmente uma das melhores intérpretes de MPB, os seus discos têm sido pautados pela qualidade do reportório e arranjos mas também pela sua interpretação cuidada. “Noites de gala, samba na rua” (dedicado ao cancioneiro de Chico Buarque) é o mais recente e é mais um tiro certeiro na discografia da cantora. Com a participação do grupo Pau Brasil, o disco pega em grandes canções como “Construção”, “Basta um dia”, “Quem te viu, quem te vê”, "A volta do malandro" ou “Partido alto” e com uma contenção genial e arranjos no mínimo originais temos aqui um dos grandes discos deste ano! Aqui nada está a mais, Mônica Salmaso está simplesmente brilhante e canções como “Você é você”, “Beatriz” ou “Morena dos olhos d´água” são de uma beleza estonteante…Chico Buarque já viu a sua obra ser (bem) interpretada pelos mais variados artistas, poucos o fizeram como Mônica Salmaso...e está tudo dito! 9/10
publicado por rayoflight às 00:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Carioca

“Carioca” o último trabalho de Chico Buarque não foi a obra-prima que todos esperavam! Alguns arranjos menores e uma mão cheia de músicas apenas razoáveis, não fizeram desse disco o regresso em grande do cantautor mas “Carioca_Ao Vivo” que chega agora a Portugal “redime” a discografia deste senhor! Gravado no Canecão (Rio de Janeiro) e no Tom Brasil (S. Paulo) este CD duplo mostra-nos as canções de “Carioca” (interligadas com alguns clássicos) com um novo brilho e algumas delas como “Dura na queda” ou “Renata Maria” adquirem mesmo um charme que a gravação de estúdio não teve. Depois temos também os grandes clássicos, grandes canções como “Morena de Angola”, “Imagina” (em dueto com Bia Paes Leme), “Palavra de Mulher”, “As vitrines”, “Morro dois irmãos”, “Quem te viu, quem te vê”, “João e Maria” que coabitam da melhor maneira com as canções de “Carioca” como a genial “Ode aos ratos”, a cool “Ela faz cinema” ou a bonita “As atrizes”. Chico Buarque é um dos melhores compositores que o mundo conhece e este “Carioca_Ao Vivo” é um exemplo seguro e muito recomendado da sua música e poesia. 8/10
publicado por rayoflight às 00:40
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Desconstrução

“Maravilhoso”, “arrojado”, “imperdível”, “de muito bom gosto e charme”, “belo”, “luxuoso”… estes são alguns dos elogios que o álbum “Des Cons Tru Ç ão” tem vindo a recolher por parte da crítica especializada desde o seu lançamento em 2005. Agora em 2007, chega a reedição deste trabalho que é seguramente um dos melhores da já extensa discografia de Eugénia Melo e Castro 
“Des Cons Tru Ç ão – Chico Buarque o Autor” que já conheceu crítica aqui a 15 de Outubro de 2006, regressa de novo ao blog por parte desta nova edição...e muitas são as diferenças em relação ao CD lançado em 2005: primeiro, temos nova capa e novo projecto gráfico – de novo irrepreensível e luxuoso, depois temos o formato – disco duplo – e claro, o mais importante: 6 novas canções! Quatro delas gravadas em 2004 mas que só conheceram gravação na edição limitada Vivo (apenas disponível no Brasil), as restantes duas foram gravadas em 2006 (depois de uma longa digressão) e são, digamos, a jóia deste lançamento! Mas vamos por partes: dos temas já editados mas que permanecem inéditos para o grande público temos 4 grandes canções: a jazzística “Mil perdões”, a lindíssima “Acalanto” (com a participação de Pedro Jóia), a cool “A mais bonita” e a etérea “Soneto”.
As duas restantes e inéditas gravações são a grande surpresa deste disco, surpresa porque quando pensávamos que Eugénia Melo e Castro não conseguiria superar-se a si mesma com o reportório de Buarque eis que surge a sua leitura de duas das mais belas canções do cantautor: “Roda Viva” e “O que será- à flor da pele”… e aqui é notório e desarmante a facilidade com que a cantora transforma e torna suas duas canções que já conheceram inúmeras versões e por parte dos mais variados artistas… “Roda viva” com a participação de Jaques Morelenbaum é simplesmente brilhante, apoiada num fundo sonoro rico e intenso a interpretação da cantora sobressai mesmo quando a sua voz aparece “alterada” e distante…”O que será- à flor da pele” é emoção! Emoção pura que começa logo no (fantástico) sax do início do tema e que ganha asas na voz dolente e marcante de Eugénia.
Depois do inovador “Paz” (2002, mas cuja nova edição remasterizada também já chegou às lojas) e antes da pop inteligente do novo “Poportugal” (2007), Eugénia Melo e Castro lançou um songbook dedicado à obra de Chico Buarque, esta reedição só vem lembrar a obra-prima que é este disco “Maravilhoso”, “arrojado”, “imperdível”, “de muito bom gosto e charme”, “belo”, “luxuoso”…10/10
 
Segue nos posts abaixo os vídeos que registam a gravação de duas das canções deste trabalho: “Bem querer/Futuros amantes” com a participação de Adriana Calcanhotto e “Bom conselho” com o próprio Chico Buarque.
publicado por rayoflight às 02:26
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Outubro de 2007

Bom conselho

publicado por rayoflight às 04:15
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Julho de 2007

Lançamento

Esta é a capa do próximo trabalho de Chico Buarque “Carioca ao Vivo”, gravado este ano no Brasil. O disco e também DVD trarão a íntegra do show “Carioca” que passou por Portugal com 9 concertos em 2006 (Casino de Espinho e Coliseus de Porto e Lisboa). O lançamento no Brasil está previsto para 30 de Julho para o CD e 15 de Agosto para o DVD, ainda não há data prevista para o lançamento em Portugal que deverá mais uma vez ser assegurado pela EMI. Segue o alinhamento do disco:
 
CD 1
01 Voltei a Cantar / Mambembe / Dura na Queda (Chico Buarque)  
02 O Futebol (Chico Buarque)  
03 Morena de Angola (Chico Buarque)  
04 Renata Maria (Ivan Lins e Chico Buarque)  
05 Outros Sonhos (Chico Buarque)  
06 Imagina (Tom Jobim e Chico Buarque)  
07 Porque era ela, porque era eu (Chico Buarque)  
08 Sempre (Chico Buarque)  
09 Mil Perdões (Chico Buarque)  
10 A história de Lily Braun (Edu Lobo e Chico Buarque)  
11 A Bela e a Fera (Edu Lobo e Chico Buarque)  
12 Ela é Dançarina (Chico Buarque)  
13 As Atrizes (Chico Buarque)  
14 Ela faz Cinema (Chico Buarque)  
15 Eu te Amo (Tom Jobim e Chico Buarque)  
 
CD 2
01 Palavra de Mulher (Chico Buarque)  
02 Leve (Carlinhos Vergueiro e Chico Buarque)  
03 Bolero Blues (Jorge Helder e Chico Buarque)  
04 As Vitrines (Chico Buarque)  
05 Subúrbio (Chico Buarque)  
06 Morro Dois Irmãos (Chico Buarque)  
07 Futuros Amantes (Chico Buarque)  
08 Bye-Bye Brasil (Roberto Menescal e Chico Buarque) , Cantando no Toró (Chico Buarque) , Grande Hotel (Wilson das Neves e Chico Buarque)  
09 Ode aos Ratos (Edu Lobo e Chico Buarque)  
10 Na carreira (Edu Lobo e Chico Buarque)  
11 Sem Compromisso (Geraldo Pereira e Nelson Trigueiro) , Deixe a Menina (Chico Buarque)  
12 Quem te Viu quem te Vê (Chico Buarque)  
13 João e Maria (Sivuca e Chico Buarque)
publicado por rayoflight às 11:43
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Na Bossa...

Ainda não muito conhecida entre nós, Silvana Malta tem já uma longa carreira discográfica desde que gravou com Hermeto Pascoal no brilhante “Só não toca quem não quer” de 1987. Em 2005 o aclamado cd “Céu de Brasília” com a participação de Airto Moreira e Toninho Horta conseguiu algumas das melhores críticas da imprensa especializada desse ano e agora a cantora está de volta com “Be Bossa” que acaba de ser lançado em Portugal. Acompanhada por um excelente leque de músicos e com uma sensibilidade musical brilhante, Silvana Malta desfila talento e saber em 11 temas que se ouvem num ápice! Sempre com bom gosto nos arranjos e no reportório seleccionado ouve-se aqui alguma da melhor bossa nova, jazz e MPB do que actualmente se faz por aí e este é mesmo um daqueles discos que merece uma audição atenta já que muitos são os pontos altos: da sentida e emotiva “Bonita” (Tom Jobim, Gene Lees e Ray Gilbert) aos quase 6 minutos da genial leitura de “Retrato em branco e preto” (Tom e Chico Buarque”, da vibrante “Jangada” (Edu Lobo e Capinan) à emoção contida em “Canto triste” (Edu Lobo e Vinicius de Moraes) ou da alegria de “Tin tin por tin tin” (Haroldo Brabosa e Geraldo Jacques) ao jazz sublime de “Eu te amo” (Tom e Chico). Todos os anos são lançados inúmeros discos que visam recriar algumas das melhores canções do rico cancioneiro brasileiro, mas, poucos são os que como este “Be Bossa” o fazem de maneira magistral. Uma agradável surpresa, 9/10.
Para conhecer mais um pouco sobre a carreira de Silvana Malta e "Be Bossa" visite o site oficial: http://www.silvanamalta.com/
publicado por rayoflight às 00:58
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

De todas as maneiras...

Depois de “Divino maravilhoso, Gal Costa interpreta Caetano Veloso” chega agora a Portugal o duplo CD “Maria Bethânia interpreta Chico Buarque de todas as maneiras”. De facto, Maria Bethânia é talvez a cantora brasileira que mais (e melhor) canta os temas de Chico, muitas vezes “apropriando-se” de tal maneira das canções que não chegamos a reconhecer outras leituras.
 
Encontramos aqui 28 temas e pérolas como “Olhos nos olhos”, “Teresinha”, “Anos dourados” ou “Cálice”, Bethânia ao vivo com o mano Caetano em “Maninha”e “João e Maria”, com Alcione na tocante “O meu amor”, acompanhada por Buarque em sete temas onde se destacam “Olé, olá” e “Bem querer” e como raridade dois bonitos medleys que nos trazem “Com açúcar, com afeto/ Coitidiano/ The archaic lonely star blues/ Carolina” e “Valsinha/ Tatuagem/ Bom conselho” registadas ao vivo no show “Drama- Luz da noite” e que não tinham sido ainda editadas em CD.
 
Thiago Marques Luiz escreve no belíssimo texto que acompanha o CD que “Bethânia, como ninguém, consegue ser todas as mulheres de Chico sem se repetir: a bem amada, a dramática, a submissa, a dona de si, a incondicional, a politizada, a nostálgica, a irónica e, essencialmente, a grande mulher de todas as canções.”
Está tudo dito, 10/10.
publicado por rayoflight às 00:08
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 8 de Maio de 2007

Lançamento

Esta é a capa do novo disco de Miúcha, chama-se “Outros sonhos” e é totalmente dedicado a composições de Chico Buarque (irmão da cantora), Tom Jobim e Vinicius de Moraes.
 
Segue o reportório do CD:
 
"Outros Sonhos" (Chico Buarque)
"Você Vai Ver" (Tom Jobim)  
"Chansong" (Tom Jobim)
"Quando Tu Passas Por Mim" (Vinicius de Moraes / Antonio Maria) 
"Amei tanto / Pra Que Chorar" (Baden Powell / Vinicis de Moraes)
"Gente Humilde" (Garoto / Chico Buarque / Vinicius de Moraes) 
"Desalento" (Chico Buarque / Vinicius de Moraes)   
Olha Maria (Chico Buarque / Vinicius de Moraes / Tom Jobim)
"Eu Te Amo / Dis-Moi Comment" (Tom Jobim / Chico Buarque)  
"Anos Dourados" (Chico Buarque / Tom Jobim)
"Fotografia" (Tom Jobim) 
"Uma Palavra" (Chico Buarque)
"Todo o Sentimento" (Chico Buarque / Cristovão Bastos)
publicado por rayoflight às 15:32
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Maio de 2007

Antecipação

Depois de “Des Cons Tru Ç ão” – disco dedicado ao cancioneiro de Chico Buarque, Eugénia Melo e Castro finalizou o seu novo CD. De nome “PoPortugal”, EMC apresenta aqui a sua leitura para 10 temas clássicos do POP nacional, dos anos 70 até aos dias de hoje! O disco foi inteiramente gravado em S. Paulo e conta com os arranjos e direcção musical de Eduardo Queiróz, produtor que trabalhou com a cantora no já citado “Des Cons Tru Ç ão” e no disco “Paz” de 2002. “PoPortugal” será lançado no mercado português em inícios de Junho.

publicado por rayoflight às 16:04
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Abril de 2007

Lançamento

Uma das melhores vozes da nova geração da MPB a cantar Chico Buarque?

Sim sr! O novo trabalho de Mônica Salmaso está quase, quase a sair pela editora “Biscoito fino” (que já tinha editado o excelente “Iaiá”) e apresenta a leitura de 14 temas do “cantautor” pela voz quente e segura da cantora (ainda não muito conhecida entre nós). Segue o “press release” e o reportório do cd, que esperemos…não demore a chegar a Portugal:
 
“Considerada uma das mais representativas vozes da nova geração, a paulista Mônica Salmaso lança o segundo CD inédito pela Biscoito Fino, “Noites de Gala, Samba de Rua”, só com músicas de Chico Buarque, compositor que ela cultua e canta há tempos e com quem interpretou Imagina no CD Carioca. Depois de ter feito um show dentro de uma exposição sobre Chico Buarque na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro em 2004, e de ter sido a única convidada do último disco do compositor, o projecto de um dia gravá-lo num CD foi antecipado. Chico e Dorival Caymmi são seus compositores-mestres dentro da MPB. Conhece suas músicas desde criança e aprendeu muito sobre a cultura e “alma” brasileiras através de suas canções.
 
Mônica tem a companhia do grupo Pau Brasil em Noites de Gala, Samba de Rua. Apesar de ter uma ligação forte com o grupo, é a primeira vez que canta acompanhada por todos eles: “Com o Paulo Bellinati eu gravei meu primeiro CD, Afro Sambas, em 1995. O Rodolfo Stroeter é o produtor dos meus discos desde Trampolim, de 1998, relançado pela Biscoito Fino em 2006. O Teco Cardoso, com quem hoje eu sou casada, trabalha comigo desde 1998 em discos e projectos, como a Orquestra Popular de Câmara. Ricardo Mosca eu conheço desde 1990, quando comecei a cantar. E com o Nelson Ayres trabalhei pela primeira vez em 1993, quando ele me convidou para participar de uma edição de O Grande Circo Místico”, explica.
 
A escolha do repertório do novo CD foi feita em conjunto. A intenção era criar um disco em que a voz da cantora e a sonoridade do Pau Brasil estivessem perfeitamente integradas. De uma lista de 60 composições de Chico chegaram a 14, escolhidas conforme os arranjos iam se delineando e o grupo sentia necessidade de uma determinada “cor” no trabalho: “O Chico recebeu uma cópia do CD antes da mixagem. Telefonou para Rodolfo e pra mim dizendo estar emocionado e feliz com o trabalho. Já nos convidou para um show no Rio de Janeiro no final de Maio. Mas quem ficou mais feliz ainda com o telefonema e o convite fui eu”, diz uma entusiasmada Mônica.
 
Um dos grandes prazeres da cantora foi ouvir novamente todos os discos de Chico. Para ela, um projecto focado num só autor permite um mergulho na sua obra: “Ouvi músicas que fizeram parte da minha vida antes de me tornar cantora. Foi muito bom”. O lançamento do CD em shows terá início em Junho, no teatro da FECAP, em São Paulo.”
 
Temas do disco:
01 A Volta do Malandro (Chico Buarque)  
02 O Velho Francisco (Chico Buarque) 
03 Construção (Chico Buarque) 
04 Ciranda de Bailarina ( Edu Lobo e Chico Buarque)  
05 Você é Você (Guinga e Chico Buarque) 
06 Logo Eu (Chico Buarque) 
07 Olha Maria (Tom Jobim, Vinicius de Moraes e Chico Buarque)  
08 Quem Te Viu, Quem Te Vê (Chico Buarque) 
09 Basta Um Dia (Chico Buarque) 
10 Morena dos Olhos D´Água (Chico Buarque)  
11 Partido Alto (Chico Buarque) 
12 Suburbano Coração (Chico Buarque)  
13 Bom Tempo (Chico Buarque) 
14 Beatriz (Edu Lobo / Chico Buarque)
publicado por rayoflight às 02:58
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
21
24
25

28
29


.posts recentes

. Noite de gala...

. Carioca

. Desconstrução

. Bom conselho

. Lançamento

. Na Bossa...

. De todas as maneiras...

. Lançamento

. Antecipação

. Lançamento

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.A visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds