Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

Lançamento

Chega esta semana ao mercado português o DVD “Tom Jobim - Ao vivo em Montreal”.
Segue o texto de apresentação deste registo memorável: 
 
“Maior nome da Música Popular Brasileira em todas as suas vertentes, o maestro António Carlos Brasileiro de Almeida Jobim completaria 80 anos em Janeiro de 2007. Antecipando as comemorações (como se as efemérides pudessem por si só justificar a celebração permanente em torno do nome e da obra de António), a Jobim Biscoito Fino lança o DVD Tom Jobim ao vivo em Montreal, gravado em 1986, no festival internacional de jazz da cidade canadense.
 
Vivendo aquela que o próprio maestro considerava a melhor fase de sua trajectória – em que percorria os palcos à frente de sua Banda Nova, mostrando as canções que o consagraram internacionalmente como um dos maiores músicos do século XX -, Jobim aparece feliz, renovado e falante nas quase duas horas de espectáculo registradas neste DVD.
 
Ao lado de Jacques Morelenbaum (violoncelo), Paulo Jobim (violão), Danilo Caymmi (flauta), Sebastião Neto (baixo) e Paulo Braga (bateria), com o vocal de Ana e Elizabeth Jobim, Simone Caymmi, Maúcha Adnet e Paula Morelenbaum, Tom interpreta seus standards – com versões em português ou nas adaptações para o inglês -, além de músicas menos conhecidas de seus álbuns, àquela altura, mais recentes.
 
Clássicos da bossa-nova são sinónimos da música de Jobim e da própria identidade brasileira no mundo: Água de Beber, Chega de Saudade, A Felicidade, Garota de Ipanema, parcerias com Vinicius de Moraes, e Samba de Uma Nota Só, com Newton Mendonça. Há também aquelas com letra e música de Jobim, criadas a partir dos anos 60: Wave, Samba do Avião, Waters of March, versão de Águas de Março vertida para o inglês pelo próprio Tom. Two Kites, Gabriela, Falando de Amor e Borzeguim são composições das décadas de 70 e 80, período em que Tom regressava dos EUA para tornar a ver o Rio de Janeiro e fazer cantar a alma de todos os brasileiros.
 
O extra traz uma entrevista de Tom concedida em sua casa, no bairro do Jardim Botânico, no Rio, em 1981, ao jornalista Roberto D’ávila, num dos momentos mais confessionais e comoventes já registrados com a presença do maestro – que fala de música, brasilidade e sentimentos como o amor e a tristeza, indispensáveis à sua criação.”
 
Edição portuguesa: EMI/ Biscoito Fino
publicado por rayoflight às 01:57
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
21
24
25

28
29


.posts recentes

. Contos de fados

. Gato escaldado

. Água

. Viagem

. Agenda

. Maíra Freitas

. Agenda

. Brasil encena

. Ao vivo

. Agenda

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.A visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds