Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

D´improvviso

Cantora brasileira radicada em Itália, Rosália de Souza vê o seu mais recente trabalho “D´improvviso” chegar a Portugal. Com um som jazzístico com claras influências pela bossa-nova “D´improvviso” é um daqueles discos cujo charme e carisma não deixarão ninguém indiferente.  Marcos Valle, Toquinho, Jorge Ben, César Camargo Mariano, Dorival Caymmi ou Carlos Lyra são alguns dos compositores aqui presentes em regravações de muito bom gosto e que trazem o clássico para um som moderno sem adulterar a beleza das composições originais. Os bons inéditos “D´improvviso”, “Samba longe”, “Ondina” e “Bossa 50” são outros dos destaques de um trabalho que merece ser ouvido com muita atenção. 8/10

publicado por rayoflight às 00:46
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

Antecipação

Já está à venda em formato cd-single o primeiro avanço do projecto “Graffiti” de Júlio Pereira.
“Magia imaginação” na voz de Maria João e “É um dia sim, é um dia não” cantada por Luanda Cozetti são as duas (excelentes) canções já disponíveis em cd. O projecto “Graffiti” junta a música de Júlio Pereira, a poesia de Tiago Torres da Silva e ainda a pintura de Tiago Taron num trabalho a ser lançado comercialmente em Maio.
publicado por rayoflight às 00:22
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Tua/ Encanteria

Maria Bethânia continua a ser uma das mais prolíferas cantoras brasileiras da actualidade, senão mesmo a mais prolífera. Todos os anos seja em disco, dvd ou em espectáculos ao vivo a cantora apresenta algo novo, e como em 2006 onde lançou dois discos – “Pirata” e “Mar de Sophia” – lança agora também dois novos trabalhos temáticos, “Tua” e “Encanteria”. “Tua” é um cd onde o amor e os sentimentos falam mais alto. Romântico, suave e intimista é um daqueles trabalhos que nos marcam profundamente e claro, poucas são as que cantam o amor de modo tão verdadeiro como Bethânia. Já “Encanteria” é festivo, é luminoso e marca a devoção e fé da cantora num disco claramente influenciado pela música regional brasileira. A qualidade das composições, os convidados de luxo (onde se destacam Lenine em “Tua” e Gilberto Gil e Caetano Veloso em “Encanteria”), a habitual qualidade interpretativa de Maria Bethânia e o exemplar trabalho gráfico fazem destes trabalhos mais dois pontos altos na já longa carreira da "Abelha Rainha". 10/10
publicado por rayoflight às 00:22
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

Agenda

Ana Moura leva o mais recente “Leva-me aos Fados” ao Theatro Circo de braga no dia 05 de Fevereiro.

António Zambujo regressa à capital com concerto no Teatro Municipal S. Luiz dia 14 de Abril.
publicado por rayoflight às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

202 canções

A ideia começou como um espectáculo ao vivo e chega-nos agora sobre a forma de livro e cd, falamos de “Uma autora, 202 canções” de Amélia Muge. Desde que surgiu no panorama musical português, Amélia Muge distanciou-se logo do habitual pela frescura do seu som que mistura habilmente o tradicional com um som moderno, único e muitas vezes “transgressor”. “Não sou daqui” de 2006 roçou a obra-prima e este ambicioso “Uma autora, 202 canções” comprova definitivamente o génio de uma das nossas cantautoras mais inspiradas. Ao todo são 14 (excelentes) canções que nos trazem algumas releituras de temas já gravados por Amélia, inéditos, e ainda canções que conheceram gravação em vozes como Mísia e Mafalda Arnauth e que Amélia Muge não tinha ainda gravado. O livro traz-nos todos os poemas das canções em português e inglês, fotografias e ilustrações numa edição corajosa, luxuosa e indispensável, 10/10.
publicado por rayoflight às 00:51
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Alfonsina y el mar

Aqui fica mais um tema do disco "3 desejos" de Joana Rios:

publicado por rayoflight às 05:05
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Iê, iê, iê

Aclamado como um dos grandes discos de 2009, “Iê, iê, iê” de Arnaldo Antunes é de facto um grande disco pop. Seguindo a estética musical e a cultura pop da primeira metade dos anos 60, o cantautor traz-nos um disco que é clássico soando moderno e doze novas canções que ficam já registadas como das mais iluminadas da sua carreira. Da pop viciante de “Iê, iê, iê” ou “Aonde você for”, do rock certeiro de “Sim ou não” à delicadeza de “Longe”, “Iê, iê, iê” é um daqueles trabalhos que cresce a cada audição e que marcará de facto a discografia de Arnaldo Antunes. 9/10
publicado por rayoflight às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Ao vivo

Gravado ao vivo em S. Paulo, “América Brasil - o cd ao Vivo” é o mais recente trabalho de Seu Jorge. Aclamado como um dos artistas mais populares actualmente no Brasil, Seu Jorge apresenta neste disco um espectáculo competente, original, vibrante e tem ainda o mérito de dar um novo fôlego às (boas) canções do seu último disco de originais, “América Brasil – o Disco” lançado em 2007. “Trabalhador”, “Burguesinha”, a lindíssima “Seu olhar”, “América do Norte” e “São Gonça” são alguns dos momentos altos do concerto. Como bónus temos ainda “Pessoal particular”, tema inédito em versão de estúdio. 7/10
publicado por rayoflight às 00:23
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010

Partimpim

Depois do primeiro “Partimpim”, Adriana Calcanhotto regressa agora com “Dois”, o segundo volume do seu celebrado projecto infantil. Mas como o primeiro disco, também “Dois” é um trabalho que tanto agradará crianças como adultos. Melodias simples, grandes canções, uma produção exemplar e excelentes leituras de temas da autoria de nomes como Heitor Villa-Lobos, Bob Dylan, Caetano Veloso ou Vinicius de Moraes não deixam margem de dúvidas que este segundo “Partimpim” é de uma riqueza musical tão grande que rotula-lo apenas de música infantil, seria no mínimo injusto! E com canções deliciosas como “Alface”, “O homem deu nome a todos os animais”, “Menina, menino” ou “Gatinha manhosa” até é bom voltarmos a ser crianças outra vez. 8/10
publicado por rayoflight às 19:08
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Janeiro de 2010

Lançamento

Chama-se “Uma autora, 202 canções” e é o novo trabalho de uma das nossas melhores cantautoras: Amélia Muge. Lançado em formato cd + livro encontramos aqui além de 14 canções, fotografias, ilustrações e ainda poemas da autoria da própria cantora.

 
Segue o alinhamento do cd:
“Filme Ainda Sem Genérico” 
“Quem, À Janela”
“Ai, Flores”
“O Folar Da Avó Tina”
“Eu Levo Unha Pena”  
“Ainda Que”  
“Coisa Assim”
“Maria Gata”  
“Terreiro Dos Passos”
“Eu Hei-D'Ir”
“Taco A Taco”
“Nevoeiro”
“À Nave”  
“Hora De Ir Embora”
publicado por rayoflight às 00:59
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
21
24
25

28
29


.posts recentes

. Contos de fados

. Gato escaldado

. Água

. Viagem

. Agenda

. Maíra Freitas

. Agenda

. Brasil encena

. Ao vivo

. Agenda

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.A visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds