Sábado, 31 de Maio de 2008

Agenda

Presença já confirmada no Allgarve Edition, Caetano Veloso actua também em Aveiro na Praça Marquês de Pombal a 23 de Julho.

 

Entretanto o cartaz do Cool Jazz Fest começa a tomar forma e Mayra Andrade é presença assegurada no Jardim Marquês de Pombal em Oeiras a 11 de Julho.

publicado por rayoflight às 01:26
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 25 de Maio de 2008

Lançamento

 “Mulheres ao espelho” o novo (e aguardado) disco de Aldina Duarte será lançado ao vivo com um concerto no dia 02 de Junho na Casa Fernando Pessoa em Lisboa. Segue o press-release do CD:

 
“O terceiro álbum de Aldina Duarte tem edição prevista para o dia 2 de Junho, esta será a primeira edição da novíssima editora de Aldina Duarte, Roda-Lá Music.
 
Múltiplas e muito diversas personalidades podem habitar no corpo e na alma duma só Mulher cantada e escrita por Aldina Duarte e/ou noutras mulheres suas cúmplices na criação artística, quer no canto quer na escrita; Hermínia Silva, Lucília do Carmo e Maria José da Guia são as fadistas escolhidas para Aldina Duarte como espelhos do seu fado; Maria do Rosário Pedreira o único espelho poético de Aldina Duarte neste seu terceiro disco, Mulheres ao Espelho.
 
A afamada complexidade feminina contém segredos e coragem, subtilezas e dúvidas legítimas, transgressões ousadas, impulsos e emoções incontidos e incontáveis, confiança e frontalidade, são estas as vozes preponderantes quer na interpretação de Aldina Duarte, quer nas metáforas poéticas, quer no alinhamento surpreendente, que nos transporta por dentro de histórias banais e familiares, que começa “No Fim” (título do primeiro fado do alinhamento) e se vai desenrolando de trás para a frente com toda a liberdade interpretativa para os que querem ouvir.
 
Aldina teve o desejo de contar uma história feminina, e não autobiográfica, ao longo de 11 temas, sendo que cada fado encerra em si mesmo uma história única, que vale por si, com princípio, meio e fim. Tudo se pode misturar assim como separar, responsavelmente, quando se trata a liberdade como um valor supremo!
 

“Mulheres ao Espelho de Aldina Duarte” (título do texto de abertura do booklet do disco, da autoria de Maria João Seixas), é uma provocação constante aos sentidos e aos sentimentos que se pressentem universais no encontro do masculino com o feminino, dentro de cada homem, de cada mulher, ora juntos ora separados.”

publicado por rayoflight às 01:15
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Novas Bossas

 

“Novas Bossas” é o nome do novo disco de Milton Nascimento, juntamente com o Jobim Trio (Daniel Jobim, Paulo Braga e Paulo Jobim) o conhecido cantor/ compositor brasileiro apresenta um disco clássico, recheado de gravações, mas que nunca chega a ser previsível ou chato. Numa altura em que a Bossa-Nova comemora 50 anos este trabalho é mais que uma merecida e acertada homenagem, é principalmente uma (inteligente) amostra que este estilo musical tem ainda muito tempo de vida. De entre os inúmeros destaques deste disco temos a bonita releitura de “Cais” (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos), a genial “O vento” (Dorival Caymmi) que mostra a boa forma vocal de Milton, a delicada “Caminhos cruzados” (Tom Jobim e Newton Mendonça) e a genial interpretação a duas vozes em “Medo de amar” (Vinicius de Moraes). “Novas Bossas” o feliz encontro de Milton Nascimento e do Jobim Trio é um daqueles casos em que o saber, a elegância e principalmente o bom gosto musical se unem de tal maneira que qualquer elogio a este trabalho estará longe do prazer de o ouvir. 9/10

publicado por rayoflight às 00:38
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Maio de 2008

Agenda

Milton Nascimento regressa a Portugal com o Jobim Trio para apresentar ao vivo o novo trabalho “Novas Bossas”. O concerto será no Coliseu dos Recreios em Lisboa no dia 18 de Julho.

 
Entretanto o Allgarve Edition recebe Caetano Veloso e Vanessa da Mata.
O concerto de Caetano (a voz e violão) será no dia 25 de Julho no Ténis Real Sta. Eulália em Albufeira, já Vanessa da Mata actua no Lake Resort em Vilamoura no dia 08 de Agosto.
 
Bilhetes já à venda.
publicado por rayoflight às 00:55
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Inclassificáveis

Clique AQUI e saiba tudo sobre um dos grandes discos de 2008, “Inclassificáveis” de Ney Matogrosso.
publicado por rayoflight às 03:16
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Ao vivo

Bebel Gilberto é uma das mais conhecidas cantoras brasileiras da actualidade, o seu som que mescla com saber bossa-nova, jazz e electrónica, faz a delícia de uma grande legião de fãs e ao vivo a sra. não desilude! “Momento” o inspirado disco de 2007, dá o mote para dois concertos da cantora em território nacional, o primeiro dos quais ocorreu ontem na sala principal da Casa da Música no Porto. Tão cool, segura, jazzística e sensual como as suas canções, Bebel Gilberto cativou o público presente com um grande espectáculo que apesar de ter começado morno (“Baby” o primeiro tema da noite "sofreu" devido a dificuldades técnicas), foi crescendo à medida que avançava, terminando depois numa grande festa. Com um registo vocal muito próprio, a sobrinha de Chico Buarque e filha de João Gilberto e Miúcha mostrou que “filho de peixe sabe nadar” e desde a luminosidade de temas como “Momento” ou “Os novos yorkinos” à delicadeza de “Close to You” e “So nice (summer samba)", da força de “Bring back the love” e “Aganjú” (que transformaram a sala Suggia da Casa da Música numa imensa discoteca), do samba de “Caçada” à bonita interpretação de “Mais feliz”, foram muitos os bons momentos deste concerto. Pelo meio ainda se cantou os parabéns à cantora (uma surpresa entre a banda e o público) que nos mostrou uma Bebel Gilberto visivelmente emocionada e agradecida. Hoje é a vez da Aula Magna em Lisboa receber Bebel e as suas canções cool,  jazzísticas e sensuais num concerto seguramente a não perder!!

publicado por rayoflight às 04:16
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Canção ao lado

Chega às lojas um dos mais curiosos discos de música popular portuguesa dos últimos tempos, “Canção ao lado” dos Deolinda. Com uma estética que “bebe” ao fado, pode-se dizer que o fado dos Deolinda é pop, é alegre, é provocante, é popular, é único! São 14 canções muito próprias e à primeira audição (goste-se ou não do que se ouve…) uma certeza é única: nunca ouvimos nada assim. Encarnam “a” Deolinda - Ana Bacalhau na voz e os músicos Pedro da Silva Martins (que também assina a composição das músicas e letras), Zé Pedro Leitão e Luis José Martins que no meio de todo o bom humor e géneros musicais nos dão grandes canções como “Mal por mal”, a lindíssima “Não sei falar de amor”, “Eu tenho um melro”, a divertida “Movimento perpétuo associativo”, “Lisboa não é a cidade perfeita” ou (a brasileira) “Garçonete da casa do fado”. Um disco que deita por terra alguns dos estereótipos ligados à nossa música popular e que com sentido de humor e inteligência nos dão um dos grandes CDs de 2008. 9/10
publicado por rayoflight às 00:30
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 10 de Maio de 2008

Bossa-Nova

Depois do elogiado “Co´as tamanquinhas do Zeca” dedicado à obra de Zeca Afonso, chega agora “Young and Lovely, 50 anos de Bossa Nova, Live at Musicbox, Lisboa” o novo trabalho dos Couple Coffee. Como o (extenso) nome revela, este é um tributo ao 50º aniversário da Bossa-Nova, movimento musical que deve muito à obra de nomes como Carlos Lyra, Tom Jobim, Vinicius de Moraes e Baden Powell, autores cujas composições dão o mote para este sentido e inteligente tributo. Canções intemporais como “Desafinado”, “Manhã de Carnaval”, “Água de beber”, “Corcovado” (só para citar algumas) conhecem aqui uma nova e excitante leitura, a milhas dos originais (ou pelo menos, das versões que conhecemos…) e é notório o esforço da banda para tornar “suas” canções que já fazem parte do imaginário de todos. Existem muitos bons momentos neste disco, nomeadamente a jazzística “Lobo, lobo”, “Tem dó” em ritmo africano, a delicada “Primavera”, “Manhã de Carnaval” numa excelente versão à acapella, a densa “Insensatez”, o swing de “Amor em paz” e a surpreendente leitura de “Se todos fossem iguais a você”. Um grande, grande disco. 8/10

publicado por rayoflight às 01:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

6º Prémio Tim de Música

Já são conhecidos os nomeados para um dos mais importantes prémios de Música Brasileira, o Prémio Tim de Música. Aqui ficam as categorias principais (os vencedores são conhecidos a 28 de Maio):
 
Melhor canção
·Bela Manhã, de Paulinho da Viola – intérprete Paulinho da Viola (Sony/BMG)
·Talismã, de Paulinho da Viola, Arnaldo Antunes e Marisa Monte – intérprete Paulinho da Viola (Sony/BMG)
·Vai dizer ao vento, de Paulinho da Viola – intérprete Paulinho da Viola (Sony/BMG)
 
Melhor disco (canção popular)
·Ao Vivo, de Fafá de Belém, produtor Julinho Teixeira (EMI)
·Do Brasil e do mundo, de Martinho da Vila, produtor Marco Mazzola (MZA)
·Ao Vivo, de Waldick Soriano, produtores José Milton e Patrícia Pillar (Som Livre)
 
Melhor disco (instrumental)
·Baden plays Vinícius, de Baden Powell, produtor Armando Pittigliani (Deckdisc)
·O piano de João Donato, de João Donato, produtores João Augusto (Deckdisc)
·Yamandu + Dominguinhos, de Yamandu Costa e Dominguinhos, produtor José Milton (Biscoito Fino)
 
Melhor disco (MPB)
·De um jeito diferente, de Emílio Santiago, produtor Ricardo Silveira (Indie Records)
·Dentro do mar tem rio, de Maria Bethânia, produtor Moogie Canazio (Biscoito Fino)
·Que belo e estranho dia pra se ter alegria, de Roberta Sá, produtor Rodrigo Campello (MP,B)
 
Melhor cantor (MPB)
·Djavan (Matizes – Luanda Records)
·Emílio Santiago (De um jeito diferente – Indie Records)
·Vitor Ramil (Satolep Sambatown – MP,B)
 
Melhor cantora (MPB)
·Gal Costa (Live at the blue note – LGK Music)
·Maria Bethânia (Dentro do mar tem rio – Biscoito Fino)
·Nana Caymmi (Quem inventou o amor – Som Livre)
 
Melhor disco (pop/ rock)
·Ao vivo no estúdio, de Arnaldo Antunes, produtores Arnaldo Antunes, Betão Aguiar, Chico Salem e Marcelo Jeneci (Biscoito Fino)
·Onde brilhem os olhos seus, de Fernanda Takai, produtor John Ulhoa (Deckdisc)
·Sim, de Vanessa da Mata, produtores Mário Caldato e Kassin (Sony/BMG)
 
Melhor cantor (pop/ rock)
·Caetano Veloso (Cê ao vivo – Universal)
·Jorge Benjor (Recuerdos de Asunción 443 – Som Livre)
·Lulu Santos (Longplay – Som Livre)
 
Melhor cantora (pop/ rock)
·Fernanda Takai (Onde brilhem os olhos seus – Deckdisc)
·Marcia Castro (Pecadinho - Independente)
·Vanessa da Mata (Sim – Sony/BMG)
 
Melhor disco (regional)
·Qual o assunto que mais lhe interessa?, de Elba Ramalho, produtores Lula Queiroga, Tostão Queiroga e Yuri Queiroga (Brazil Música!)
·Os cocos, de Grupo de Coco Ouricuri, produtores André Salles, Coelho e Tereza Moura (Independente)
·Toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar, de Siba, produtores Beto Vilares e Siba (Ambulante Discos)
 
Melhor disco (samba)
·Sambista perfeito, de Arlindo Cruz, produtor Leandro Sapucahy (Deckdisc)
·Estação Melodia, de Luiz Melodia, produtor Humberto Araújo (Biscoito Fino)
·Acústico MTV, de Paulinho da Viola, produtores Luiz Pereira e Adilson Tokita (Sony/BMG)
 
Melhor cantor (samba)
·Jair Rodrigues (Em branco e preto – Trama)
·Luiz Melodia (Estação Melodia – Biscoito Fino)
·Paulinho da Viola (Acústico MTV- Sony/BMG)
 
Melhor cantora (samba)
·Alcione (De tudo que eu gosto - Indie Records)
·Elza Soares (Beba-me ao vivo – Biscoito Fino)
·Fabiana Cozza (Quando o céu clarear – Gravadora Eldorado)
 
Melhor DVD
·Arnaldo Antunes, Ao vivo em estúdio, diretores Oswaldo Malagutti Jr. e Léo Ferraz (Biscoito Fino)
·Chico Buarque, Carioca ao vivo, diretor André Horta (Biscoito Fino)
·Maria Bethânia, Pedrinha de Aruanda, diretor Andrucha Waddington e Bethânia Bem de perto, diretores Julio Bressane e Eduardo Escorel (Biscoito Fino)
 
Melhor disco em língua estrangeira
·The new bossa nova, de Luciana Souza, produtor Larry Klein (Verve/Universal)
·Marina de la Riva, de Marina de la Riva, (Mousike)
·Fake standards, de Rodrigo Rodrigues, produtores Mario Manga e Rodrigo Rodrigues (Dubas Música)
publicado por rayoflight às 00:38
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Agenda

Ainda o seu último disco “Matizes” não chegou a Portugal e Djavan tem já dois concertos marcados para o nosso país. A saber:
 
28 de Junho – Coliseu dos Recreios
30 de Junho – Coliseu do Porto
publicado por rayoflight às 00:23
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
21
24
25

28
29


.posts recentes

. Contos de fados

. Gato escaldado

. Água

. Viagem

. Agenda

. Maíra Freitas

. Agenda

. Brasil encena

. Ao vivo

. Agenda

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.A visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds